TEMER QUER ATRAIR INVESTORES DA CHINA

No primeiro dia de compromissos oficiais na China, o presidente Michel Temer se reuniu com empresários. O governo quer atrair investidores com o pacote de privatizações e concessões anunciado na semana passada.

Uma Pequim de céu cinzento de poluição recebeu o presidente. Com uma comitiva de dez parlamentares e ministros, Michel Temer começou a sua segunda viagem à China se reunindo com empresários. São representantes de grandes companhias chinesas, todas com negócios no Brasil, e buscam mais oportunidades para investir. O governo brasileiro oferece o recém-lançado programa de privatizações e concessões. Nos últimos seis anos, segundo dados do governo brasileiro, a China investiu no Brasil mais de US$ 45 bilhões; negócios na área de infraestrutura, ferrovias, telecomunicações, mineração. Para os chineses, o Brasil em crise está barato e eles querem ir às compras. Nesta viagem, o presidente Temer vai se encontrar com mais empresários e com autoridades chinesas. Vários acordos serão assinados.


Nesta quinta-feira (31), conversando com jornalistas, o presidente contou que viu com naturalidade o fato de o ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, ter rejeitado o pedido de suspeição do procurador Rodrigo Janot. Seria uma estratégia do advogado do presidente para evitar uma nova denúncia contra Temer. “Você sabe que no plano jurídico quando alguém começa a agir suspeitamente você tem que arguir a suspeição e quem decide é o Judiciário. O Judiciário é que vai decidir o que deve haver, se há suspeição ou não há suspeição. O que não se pode é manter o silêncio, foi o que o meu advogado fez”, disse o presidente.


O presidente Michel Temer também falou a respeito da polêmica sobre o decreto que libera a mineração em uma reserva na Amazônia. Ele disse que toda área ambiental e indígena está preservada e que o objetivo do governo é regularizar a exploração que já é feita na região.



© 2017 Metas Jataí: o seu portal de notícias - Rua Minas Gerais, 713, Santa Maria - Jataí/GO - CEP: 75.800-082 - (64) 3636-9016