Polícia prende criminoso

01.08.2018

A Polícia Militar de Jataí reconheceu o suspeito de homicídio dentro do Hospital das Clínicas Yuri Resende de Oliveira que assassinou Wellington Ferreira da Silva, de 20 anos quando esse acompanhava sua esposa em trabalho de parto dentro do hospital. Yuri era foragido de Morrinhos-GO e foi preso em Uberlândia-MG, no dia 23 de julho deste ano devido ao mandado de prisão expedido pela Comarca de Morrinhos.

      Wellington Ferreira da Silva, de 20 anos de idade, foi assassinado a tiros na manhã do dia 16/07, dentro do Hospital das Clínicas, em Jataí. Segundo testemunhas, a vítima estava acompanhando a esposa que estava em trabalho de parto, quando o autor do homicídio entrou na unidade e disparou contra ele. O autor do homicídio entrou, atirou contra o homem e fugiu em seguida.  Wellington não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

     O Delegado do GIH Elexandre César informou que dois elementos praticaram o crime, sendo o indivíduo que pilotava Motocicleta e o Yuri que efetuou os disparos. Os próximos passos da investigação é primeiro confirmar a autoria do crime da pessoa do Yuri e depois identificar quem seria esse piloto da Motocicleta, de cor vermelha, que deu fuga ao criminoso.

     A Polícia Civil conseguiu imagens do suspeito em um estabelecimento comercial nas proximidades do local do crime. Após o homicídio Yuri não encontrou o comparsa, que havia desaparecido, ele entrou em desespero e entrou nesse comércio para pedir carona. Durante as investigações, a Polícia Civil obteve informações que ele teria praticado um roubo de veículo na cidade e essa vítima afirmou que Yuri confessou a prática do homicídio do Hospital das Clínicas.

     Yuri Resende de Oliveira, de 18 anos de idade e de altíssima periculosidade, possui passagens por (receptação, ameaça, tráfico de drogas, tentativa de homicídio e roubo).  Ele estava em Jataí por poucos dias, a Polícia acredita que não teve nenhum tipo de situação que pudesse motivar o assassinato de Wellington. Ele pode ter sido contratado para matar alguém ou o próprio Wellington.

     A família informou que a vítima não tinha nenhum problema com nenhuma pessoa, então foi cogitado que pode ter sido morto por engano, mas isso também é uma coisa que está sendo esclarecida, ainda agora a Polícia estará ouvindo, interrogando o Yuri ou na cidade de Uberlândia ou em Morrinhos e buscando as respostas para essas perguntas, para a motivação do crime. Testemunhas, inclusive confirmaram e reconheceram o Yuri como sendo o elemento que seria o autor do homicídio.

 

Texto: ROTA POLICIAL JATAÍ                                                 

 

Rei das Notícias

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google+
Please reload

© 2017 Metas Jataí: o seu portal de notícias - Rua Minas Gerais, 713, Santa Maria - Jataí/GO - CEP: 75.800-082 - (64) 3636-9016