Lissauer reinicia trabalho de plenário e espera assiduidade dos deputados, a exemplo de 2019

O presidente da Alego também ressaltou as principais prioridades para o segundo ano de sua gestão à frente do Poder Legislativo


Pautado pelos pilares do diálogo, transparência e independência, o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), Lissauer Vieira (PSB), presidiu na tarde desta segunda-feira, 17, a sessão solene de instalação do segundo ano da 19ª Legislatura. A solenidade contou com a presença do governador Ronaldo Caiado (DEM), do vice-governador, Lincoln Tejota, do presidente do Tribunal de Justiça (TJ-GO), Walter Carlos Lemes e de diversas autoridades.

Em entrevista coletiva aos veículos de comunicação presentes na sessão, o chefe do Poder Legislativo destacou a alta produtividade obtida em 2019 e o comprometimento dos parlamentares com os trabalhos legislativos. Segundo ele, a expectativa é de que as sessões ordinárias sejam mantidas regularmente e, caso haja necessidade de alguma alteração por conta das eleições, ela será realizada somente no segundo semestre.

“Temos conversado com os deputados sobre o alto quórum que tivemos no ano passado. Nossa intenção é manter essa assiduidade também em 2020, mesmo sendo um ano eleitoral. Nós já definimos que no primeiro semestre não vamos ter nenhuma mudança nos dias de sessão e no segundo semestre nós vamos ouvir os parlamentares para ver a possibilidade de alguma alteração, mas minha opinião é de que os dias de sessão sejam mantidos normalmente”, afirmou.

Lissauer ressaltou ainda as principais prioridades para o segundo ano de sua gestão à frente da Alego. “Vamos dar sequência aos projetos desenvolvidos dentro do Poder Legislativo, como a conclusão das obras da nova sede, além das ações que começamos em 2019 visando aproximar ainda mais o Parlamento da população. Nosso objetivo é continuar conduzindo o Legislativo goiano muita transparência, diálogo e independência”, frisou.

Como de costume, a sessão solene de abertura dos trabalhos legislativos foi marcada pelos discursos de oposição e situação, além da entrega da mensagem anual do Executivo. Do lado da bancada oposicionista quem deu voz ao discurso foi o deputado Helio de Sousa (PSDB), que criticou a aprovação de projetos importantes que passaram pela Casa no segundo semestre no ano passado, como a PEC da Educação e a Reforma da Previdência.

Já em nome da base aliada, o líder do Governo, deputado Bruno Peixoto (MDB) elogiou as ações e posturas de Ronaldo Caiado. O parlamentar pontuou como conquistas relevantes da atual administração a extinção do soldado de 3ª classe, redução de todos os índices de criminalidade, o corte de três mil cargos comissionados e a diminuição no excesso de incentivos fiscais.

Destacando sua trajetória política, o governador Ronaldo Caiado (DEM), evidenciou em seu discurso, sua conduta e o trabalho realizado à frente do Estado. “Nunca me viram envolvido em negociatas, nunca viram meu nome maculado. É um orgulho enorme de uma trajetória de vida em que eu, como goiano, jamais deixei de usar a tribuna para enaltecer esse Estado pelo qual sou apaixonado”, disse.

Caiado enfatizou ainda que respeita a autonomia e independência da Assembleia e completou dizendo que aceitou o convite do presidente Lissauer Vieira para trazer também seus sinceros agradecimentos. "Reconheço o quanto a Alego foi determinante nos avanços que precisávamos para que Goiás pudesse superar todas as dificuldades encontradas no último ano”, declarou.

Ao final de seu pronunciamento, o governador entregou ao chefe do Poder Legislativo o programa de Governo para 2020. Este, será posteriormente encaminhado à Comissão de Constituição, Justiça e Redação.

Também participaram da sessão solene, o presidente da Agência Municipal de Turismo, Eventos e Lazer (Agetul), Urias Garcia Júnior, representando o prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB); o presidente do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-GO), conselheiro Joaquim Alves de Castro; o procurador-geral de Justiça do Ministério Público (MP-GO), Aylton Flávio Vechi e o defensor público-geral do Estado, Domilson Rabelo, além de secretários de Estado, parlamentares e servidores da Alego.


© 2017 Metas Jataí: o seu portal de notícias - Rua Minas Gerais, 713, Santa Maria - Jataí/GO - CEP: 75.800-082 - (64) 3636-9016